sábado, 13 de dezembro de 2008

Dia de sorte

Hoje fui no casamento do Guilherme, um amigão da faculdade.

Para me preparar pro evento, marquei hora com a Scheila, cabeleireira e maquiadora de mão cheia. O casamento era às nove da noite. Achei que se começasse os preparativos às três da tarde iria ser tranquilo. Mas estica, puxa, pinta cabelo, faz mecha, seca, corta, trata, passa creme, seca de novo, passa chapinha, lava, seca outra vez, maquia, faz coque, e são nove e meia da noite. Chove.

Saio correndo, guarda-chuva emprestado da minha vó. Chego no carro, dou a partida. Sinto o carro pesado. Saio, olho. Pneu dianteiro esquerdo totalmente vazio. "Não é possível, calibrei esta p... hoje!". Ligo o alerta, peço ajuda a vááários transeuntes, ninguém para pra me ajudar. Desespero.

Um santo entregador de pizza passa, vê o meu pneu furado, se oferece para ajudar. Diz que só precisa fazer a entrega e já volta. E volta mesmo. Troca o pneu. Agradeço encarecidamente e dou os únicos vinte reais que tenho na bolsa pra ele: "É só o que eu tenho, se fossem cinquenta, juro que te dava", digo. Verdade. Ele merece. Desejo um feliz natal e ótimo 2009.

Corro pra casa, ponho o vestido rápido, retoco o batom. Passo as coisas importantes pra bolsinha de festa. Vôo pelo corredor, pego o elevador. Me lembro que e esqueci o convite. Já são dez e meia. Volto em casa. Pego o convite.

Pra variar, me perco. Ligo pras pessoas, ninguém atende. Peço informação para frentistas em dois postos de gasolina, para o motorista de um taxi e para o de uma van. Ninguém entende o bendito mapinha que vinha no convite. Nesta hora, milagrosamente, me liga o Eduardo, para quem eu tinha ligado antes. Me explica o caminho.

Chego no casamento às onze e meia, varada de fome. Óbvio que a cerimônia já tinha acabado. Mas aí tudo bem, encontro muitos amigos da Uerj que eu não via há tempos; maquiagem, cabelo e vestido fazem sucesso; me entupo de salgadinhos e chocolates... Festa animadíssima, noiva linda, Guilherme feliz.

Hora de ir embora. Claro que me perco um pouquinho de novo! Me encontro, chego em casa louca pra tirar o quilo de grampos que estava no meu cabelo, tomar um banho e remover a maquiagem. E... adivinha! Falta água em casa.

4 comentários:

Vivi disse...

hahahahhaaa!!!!
Perdeu o baile de ex-alunos em Viçosa, Naninha!! Foi óóóótimo e nem precisou de mapa!
Beijinhos.

edu assumpção disse...

Nana! Te achei pelo Vida Perra. Isso a crise traz de bom. A gente fica sem ter o que fazer e tem tempo pra buscar blogs... Hehehe

Zagaia disse...

hehehehe... Adorei o post!! Adorei o blog!! Muito legal! Parabéns!

Nana disse...

Vivi,
Poxa...

Edu,
Agora que achou, volte sempre!

Zagaia,
Seja bem vindo!
Obrigada! Vou sempre no seu blogue e gosto muito! Beijo